janeiro 05, 2011

no parque com ela



(Imag Net: Shiori Matsumoto/ Kotyogenmu)
 http://www.youtube.com/watch?v=7PHc_1Z6Syk









Invariavelmente, todos os dias, ela aparece atravessando o Parque, às horas das suas desoras.
Surge vinda das mais variadas direcções parecendo querer encontrar-se num qualquer além dos caminhos percorridos. Auscultadores nos ouvidos. Olhos escondidos pelos óculos escuros.
Na mão, agarra-lhe a mala. Nuns dias, a balançar-lhe o saltitar dos passos, noutros suspensa tal como ela, lenta e mansa, colando-se-lhe à anca.
Enverga longas túnicas esvoaçantes, que se bamboleiam em sombras-danças em torno do corpo. Dirige-se então em ziguezague à esplanada, transportando na sua passagem um rasto de solidão morna e distraída.
Senta-se numa das cadeiras verdes, quase sempre junto ao lago. Da mala retira um livro que, de imediato, é esquecido em cima da mesa.
Por momentos, despe-se dos óculos escuros e lança em volta olhares de cálido vento. Nos seus olhos, parecem crescer lágrimas e risos, numa festa.
A forma como se senta, recostada, angulosa, as pernas estendidas e pousadas na cadeira em frente, um dos braços pendendo, caído ao seu lado, faz lembrar o término de uma sessão amorosa, quando o corpo já sossegou e é de recato a cama.
Fica-se assim, longos tempos, a contemplar o céu, talvez sonhando um mar sem fim, luminoso e inesperado. No rosto espelha-se então uma leve expressão perplexa de quem pensa que deveria fazer algo para assinalar aquele momento em que nada afinal aconteceu.
Passado o seu tempo, levanta-se, a mão a passear-lhe o cabelo e o olhar alongando-se num presente já ausente.
Abriga-se novamente por detrás dos óculos escuros, e parte ziguezando... os passos dela a regressarem lá, onde talvez se faça novo o rumo.
A silhueta esbate-se na distância, lembrando um Verão a adormecer e a túnica prossegue a dança incerta, prometendo regressar.

(Maria)

para continuar...?

10 comentários:

Anónimo disse...

Ler-te é um deleite para a vista, um aconchego para a alma, é entrar de uma forma furtiva mas ao mesmo tempo clarividente, na tua essência de mulher inteligente, bebendo de ti cada palavra...é "roubar-te" por momentos a riqueza literária que possuis e que nos faz falta...

Um beijo estrelado para te dar ainda mais luz...Moon

João Starman

Candinho Anjo disse...

Oi Maria Ramos.

Até gostaria de saber, como vim parar aqui, por qual mão, ou pensamento fui guiado docemente para a sua montanha e agora aqui estou tentado a fazer algo, mesmo que seja loucura.

E se eu escalasse essa montanha de defeitos só para te encontrar lá no cume e dizer que te amo?

Gostei de rever seus contos, seus meneios, seus anseios e,

...às vezes eu acredito em luares, brilhantes, plenos... Às vezes.

Enorme prazer me invade por estar novamente ao seu lado. Beijos.

lluviaenelsilenciodelanoche disse...

Muy hermosas letras, bello. gracias por regalarnos parte de ti.


besitos

Vento disse...

Querida Maria

Na mesa ao lado, alguém te observa atentamente, esconde-se atrás de lentes escuras, recorda gestos e palavras...

Escreve uma pequena frase num pedaço de papel...

"É um prazer, olhar-te..."

Beijo

♣ Ąηηα ♣ disse...

Maria...Maria Ramos....
...ás vezes tb eua credito em tudo isso.... e nos felizes reencontros....
Beijos mil......

Nilson Barcelli disse...

Já tinha lido há dias este magnífico texto e estava convencido que tinha comentado...
Gostei imenso. Não é apenas a tua poesia que é boa, a prosa também é excelente.
Bom fim-de-semana.
Beijos.

CÉU ROSÁRIO disse...

(¯`v´¯)
`·.¸.·´
♥Bom fim de semana!
¸.·´¸.·´¨) ¸.·*¨)
...(¸.·´ (¸.·´ .·´ ¸¸.·¨¯`·.♥ ♥Mil beijinhos

Mais uma entrada maravilhosa!
Vim matar saudades...

jornaldapukka disse...

Maria, querida Maria...
Tenhas a 'manha', escreves de uma maneira que nos prende a atenção do início ao fim e nos faz querer saber o que virá.
Uma beijoca
http://jornaldapukka.wordpress.com
http://pukka131dicas.wordpress.com
Deixo-te meus blogs para quando quiseres aparecer!!
:))

Nilson Barcelli disse...

Passei para ver se entretanto tinhas publicado novo post... mas não...
Mariah, boa semana.
Beijos.

mary alves disse...

No parque...repleto!!
Bj