abril 01, 2013

...

@Joseph Cartright

não sei se brisa
se prenúncio de vendaval
ser

o que sinto.
sentindo-te sem te ver

- devia ser proibido-

(maria)

6 comentários:

Anónimo disse...

Devia ser proibido quedar-se, deixar de escrever quem o faz assim como tu, graciosa dos vendavais, tempestuosa das palavras ternas. Devia ser proibido. Aguardarei outros momentos como este. Luisa que-não-anónima

Eilan disse...

Que lindo blog, leve, poesias belas.

adorei.

bjo.

http://borderline-girl.blogspot.com.br

Nilson Barcelli disse...

Pelo contrário...
Sentir sem ver é meio caminho andado para sentir imenso quando se vê...
Belo jogo de palavras, gosrei.
Querida amiga MHR, tem uma boa semana.
Beijos.

Maria disse...

Ohhhhh apanhei-te, apanhei-te!!! Também deveria ser proibido fugires, andares por caminhos cheios de luares e escondida entre ramos, sentindo a tal brisa...
Dulcineia

MariahR disse...

:)
Oohhhh...descoberta me sinto, pronto!
Beijinho grande, para tu, Dulcineia mai linda!

(Agora, que fui encontrada, espero que me dês a honra das tuas visitas :))

maria

Nilson Barcelli disse...

Há 1 ano que nada publicas aqui...
Espero que andes bem
Querida amiga MariahR, bom resto de feriado e bom fim de semana.
Beijo.